Aretha Franklin morre aos 76 anos

Foto: WireImage

A “rainha do soul” foi diagnosticada com câncer desde 2010, quando vinha realizando um rígido tratamento

Aretha Franklin, considerada a “rainha do soul music” morreu aos 76 anos, nesta quinta-feira (16), após ser diagnosticada em 2010 com câncer no pâncreas. Segundo comunicado divulgado à imprensa, o médico da cantora disse que o câncer estava em estágio muito avançado.

Por meio de nota, a família de Aretha também se manifestou. “Em um dos piores momentos das nossas vidas, não conseguimos encontrar as palavras certas para expressar a dor em nosso coração. Perdemos nossa matriarca e a sustentação da nossa família. O amor que ela tinha por seus filhos, netos, sobrinhos e primos não tinha limites”, disse a nota.

Neste momento, a família pede apenas que as pessoas entendam a dor que estão sentindo. Ainda não há informações sobre o funeral da cantora.

Aretha começou a cantar profissionalmente aos 14 anos na igreja de seu pai / Foto: Associated Newspapers )
Trajetória

Aretha Louise Franklin nasceu em Memphis, no Estado norte-americano do Tennessee, em 25 de março de 1942. Filha de pais evangélicos, a cantora gravou seu primeiro disco aos 14 anos, quando frequentava a igreja de seu pai.

Dona de uma voz inconfundível, a cantora ficou famosa pelo clássico “Respect” (1967), sua única canção a chegar ao topo da principal parada de sucessos dos Estados Unidos.

Ganhadora de 18 prêmios Grammy, é intérprete de canções como “(You Make Me Feel Like) A Natural Woman” (1968), “Day Dreaming” (1972), “Jump to It” (1982), “Freeway of Love” (1985) e “A Rose Is Still A Rose” (1998).

Em 1987, ela se tornou a primeira mulher a entrar no Hall da Fama do Rock and Roll e cantou na posse do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, em 2009. Já o último show solo foi realizado na Filadélfia, em agosto de 2017.

*Com informações do G1

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!