Manifestação contra aumento nas contas de energia nesta quinta (28)

Foto: Renato Cabrini / Next Editorial

Os manifestantes se reuniram na Praça Costa Pereira, em Vitória, e seguiram para a frente do Palácio Anchieta, também na capital capixaba

Cerca de 50 consumidores manifestaram contra a cobrança considerada abusiva nas contas de energia que recebem. Nesta quinta-feira (28), moradores da Grande Vitória se concentraram na Praça Costa Pereira e com cartazes pediram por tarifas mais justas.

Os manifestantes foram ao escritório da EDP, mas não foram recebidos por nenhum profissional. Logo após, eles seguiram pela avenida Jerônimo Monteiro e em direção ao Palácio Anchieta, onde também não foram recebidos.

Os manifestantes foram ao Palácio Anchieta para mobilizar o governador. – Foto: Renato Cabrini / Next Editorial

A pedagoga Conceição Alves, líder do movimento, disse que a expectativa é de que o governador Renato Casagrande os receba para conversarem e chegarem a um acordo para reduzir as tarifas das contas de energia.

“Antes de começarmos a manifestação, o governador havia dito que nos receberia. Agora precisamos organizar o grupo e marcar a data para que ele nos ajude a resolver essa situação”, destacou Conceição.

A pedagoga Mara Gomes é moradora do bairro Civit, na Serra, e disse que suas contas duplicaram o valor mesmo não utilizando muitos aparelhos eletrônicos. “Eu pagava em torno de R$ 500 e neste mês recebi uma conta de R$ 875. Participei da manifestação, mas não tivemos resultados. Vamos continuar nos mobilizando”, afirmou.

Fabíola Machado é técnica em edificações e recebeu um susto ao abrir a conta do mês de fevereiro. A conta de energia veio com um valor muito maior do que o esperado e ela não sabe o motivo. “As minhas contas eram bem baixas. Pagava aproximadamente R$ 80, mas no mês passado ela subiu para R$ 450. Acredito que está havendo algum erro nesse novo sistema BT Zero ou que possa ter fuga de energia. Não sei explicar, mas o que sei é que não gasto isso tudo”, disse.

A técnica em edificações Fabíola Machado disse que as contas duplicaram o valor. – Foto: Reprodução
SISTEMA BTZERO

Muitas residências na Grande Vitória, principalmente de Feu Rosa e Planalto Serrano, na Serra, estão ligadas a rede BTZero, instalada recentemente pela companhia de energia. Segundo a EDP, a tecnologia garante mais qualidade e segurança na rede de energia elétrica, além de maior agilidade na identificação de eventual interrupção no fornecimento e no atendimento às solicitações dos clientes.

Entretanto, muitos consumidores afirmam que o aumento tem sido por conta da alteração da rede. Para os moradores da Serra, por exemplo, o valor aumentou consideravelmente depois da implantação do sistema.

Para Jocimar Correa, também líder do movimento, os aumentos são por conta da implantação do sistema BTZero nos bairros do município da Serra. “O alumínio contido nos 32 metros de fio que a EDP instalou faz com que o material super aqueça, causando maior consumo. Automaticamente, o valor das contas serão mais altos. Esse sistema não é vantagem para nós”, finalizou.

Manifestações

No dia 05 de fevereiro, os consumidores também manifestaram em frente ao escritório da EDP, em Jardim Limoeiro, na Serra. Cerca de 30 pessoas compareceram à manifestação.


Leia mais:

 

 

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!