Maduro pede renúncia dos ministros

Foto: Reprodução

Após apagão, o presidente da Venezuela pediu que os ministros coloquem os cargos à disposição

Após um apagão de sete dias na Venezuela, o presidente Nicolás Maduro pediu que os ministros colocassem os cargos à disposição. Segundo o vice-presidente da República, Delcy Rodríguez, a decisão foi tomada a fim de reestruturar o seu gabinete.

Em sua conta no Twitter, Rodriguez disse que Maduro tomou a decisão para uma profunda reestruturação dos métodos e funcionamento do governo bolivariano para proteger a pátria de Bolívar e [Hugo] Chávez  [presidente já morto da Venezuela] de qualquer ameaça.

Há dois dias, o presidente venezuelano disse que essa “é uma luta moral e espiritual de um país inteiro pela honestidade, pela eficiência e pelos bons serviços”, por isso a decisão seria tomada para otimizar a gestão.

Vale lembrar que mais de 50 países, incluindo o Brasil, apoiam o presidente autodeclarado Juan Guaidó, enquanto China, Rússia e Turquia estão ao lado de Maduro. Há protestos constantes, de ambos os lados, nas principais cidades venezuelanas.

*Da redação com informações da Agência Brasil

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!