Julgar menos

O certo é que, cada vez mais, precisamos exercitar o não julgar.

Atirar pedras em tudo e em todos virou uma prática comum e, de certa forma, aceita nas redes. Para causar é preciso ferir, escolher um alvo e atirar. Assim, garantimos likes e, de quebra, alimentamos o ódio, reforçamos preconceitos, legitimamos os ranços. Hora de pensar mais antes de falar (postar). Mais do que nunca precisamos ativar o filtro que fica entre nosso cérebro e nossa boca (e dedos). Sair dizendo (digitando) o que quer pode ser de uma nocividade cruel e incalculável. Vamos multiplicar (e compartilhar) mais amor e menos amarguras.


Leia mais

Não julgue

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!