José Eugênio Vieira: “Estamos garantindo a eficiência em gestão para micro e pequenas empresas”

Numa retrospectiva das metas propostas pelo Sebrae ES para 2013, o Superintendente da instituição, José Eugênio Vieira, comemora a marca de 40.288 empreendimentos atendidos, ressalta a abrangência da instituição em 100% do território capixaba e relembra outros pontos positivos do ano

1 – Os resultados alcançados pelo Sebrae ES em 2013 superam os de 2012. Como o senhor avalia esse desempenho?
O Espírito Santo tradicionalmente tem sido um dos Estados que tem trazido melhor desempenho para o Sebrae Nacional. Temos buscado a cada ano ter um olhar muito apurado para o atendimento ao empresário capixaba. E ainda, nós primamos por termos uma execução quase que perfeita no orçamento. No ano passado, nós fomos o primeiro no país em execução orçamentária, com 99,3%.

2- Como a entidade busca trabalhar dentro dos limites orçamentários estabelecidos?
Com um bom planejamento, um bom PPA (Plano Plurianual de Investimentos). É efetivamente ter projeções de gastos quase próximos à realidade daquilo que se pretende realizar. Para isso, constrói-se uma base de dados da execução orçamentária.

3- O Sebrae ES superou o número de empresas atendidas acima do previsto para 2013?
Com certeza. Em 2013 tínhamos a meta de atender 33.721 empresas e superamos com uma boa margem, alcançando a marca de 40.288 empreendimentos atendidos. Ainda houve 36.849 potenciais empresários que procuraram e receberam o auxílio do Sebrae ES. Esse sucesso em muito se deve ao planejamento para a constante expansão do nosso raio de ação. Levando em consideração os mais de 122.500 estabelecimentos de MPE em atividade no Estado, temos o orgulho de dizer que já passamos por todos os municípios capixabas.

4- Como atender bem a um público tão amplo e diverso como o dos micro e pequenos empresários?
Nossa preocupação é de levar soluções personalizadas para cada tipo de empresa. Para tanto, contamos com nove Agências de Desenvolvimento Regional (ADR’s) localizadas em pontos estratégicos do Espírito Santo, que possuem especialistas preparados para atender as demandas específicas dos empreendedores de cada região. Contamos também com consultores para elaboração de planos de negócios, consultorias especializadas, planos de marketing, além de projetos como Comércio Total para dinamizar a economia dos bairros. Também mantemos os atendimentos a setores específicos como: rochas ornamentais, panificação, petróleo e gás, beleza, TI e outros.

5- Qual a expectativa do Sebrae ES para este ano? Pretendem superar os resultados apresentados em 2013?
A expectativa é ter o número de empresas atendidas elevado para aproximadamente 44 mil. As micro e pequenas empresas são muito representativas para economia e empregabilidade do Estado. É importante que os servidores do Sebrae ES já assimilaram essa nova dinâmica gerencial da atual diretoria. Nós conseguimos atingir patamares elevadíssimos e agora temos que lutar para não deixar a “peteca cair”.

 
A matéria acima é uma republicação da Revista ES Brasil. Fatos, comentários e opiniões contidos no texto se referem à época em que a matéria foi escrita.  
Compartilhe

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome