José Dirceu se apresenta após ter prisão ordenada por juíza

José Dirceu
Ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, em 2014 (Arquivo/Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A magistrada Gabriela Hardt é substituta de Sérgio Moro na 13ª Vara Federal em Curitiba

O ex-ministro José Dirceu se entregou à Justiça nesta sexta-feira (18). Ele tinha até as 17 horas para comparecer à Polícia Federal. Agora, o petista inicia o cumprimento da pena de 30 anos e nove meses de prisão.

José Dirceu mora em Brasília e saiu de casa no início da tarde em direção ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exames. Ele está sendo levado agora para a Penitenciária da Papuda.

Dirceu deverá ficar os próximos dias na penitenciária do Distrito Federal. Ele cumpriu a determinação da juíza substituta de Sérgio Moro na 13ª Vara Federal em Curitiba, Gabriela Hardt.

Pena

A juíza ordenou a execução provisória da condenação de Dirceu a 30 anos e nove meses de prisão. Os crimes são de corrupção, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa, no âmbito da Operação Lava Jato.

A prisão foi decidida após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) rejeitar o último recurso de Dirceu contra a condenação na segunda instância. O parecer do Tribunal foi divulgado no início da tarde dessa quinta-feira (17). Ainda cabe recurso às instâncias superiores.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!