Joesley Batista promete silêncio em depoimento a CPIs na terça (28)

Joesley Batista
Foto: Divulgação/J&F

O empresário foi convocado a depor a deputados e senadores nas CPIs do BNDES e da JBS.

O empresário Joesley Batista foi convocado para depor em duas comissões parlamentares de inquérito na manhã desta terça-feira (28). A defesa de Joesley já informou que dono da empresa J&F que ele deve ficar calado durante a reunião.

Preso desde setembro por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), Joesley depõe a senadores e deputados da CPI do BNDES e da CPMI da JBS. O empresário teria mentido e omitido informações no acordo de delação premiada firmado com a Procuradoria-Geral da República. O ministro do STF Luiz Edson Fachin suspendeu os benefícios do acordo. As informações são da Agência Brasil.

Os advogados de Batista encaminharam um ofício encaminhado à CPI da JBS na última quarta-feira (22). Eles adiantaram que o empresário deve permanecer em silêncio. A defesa afirma que outros convocadas a depor na comissão já ficaram em silêncio. São eles o irmão de Joesley, Wesley Batista, o advogado Francisco de Assis e Silva e o ex-executivo da J&F Ricardo Saud.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome