Investigações do caso Marielle estão perto de encerrarem

Foto: Mário Vasconcellos/CMRJ/Divulgação

O anúncio foi feito pelo governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, por meio de uma coletiva de imprensa

As investigações da morte da vereadora Marielle Franco (PSol) e de seu motorista Anderson Gomes estão perto de chegar ao fim. O anúncio foi feito pelo governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, por meio de uma coletiva de imprensa realizada no sábado (12).

Marielle e motorista foram assassinados em 14 de março de 2018, na região central do Rio, quando o carro em que estavam foi alvejado por criminosos. Ela morreu com quatro tiros na cabeça. Relembre o caso.

Em seu discurso, o governador carioca disse ainda que “talvez isso [conclusão do caso] aconteça até o final desse mês”.

Witzel ressaltou, no entanto, que não tem conhecimento de quem são as pessoas envolvidas, já que o processo está sob sigilo. O caso Marielle foi usado como exemplo para que o governador anunciasse ajustes na administração prisional e na área de segurança pública fluminense.



Leia mais:

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!