Vila Velha apresenta projeto de nova iluminação pública

Foto: Félix Falcão / PMVV

Durante coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (12), a prefeitura apresentou o projeto em parceria com o BNDES e a empresa Ernst & Young 

Com intenção de tornar Vila Velha referência em iluminação pública, partindo do conceito de Smarts Cities (cidades inteligentes), a prefeitura apresentou nesta quarta-feira (12), o cronograma de elaboração dos estudos e modelagem para viabilizar o projeto da parceria público-privada (PPP) visando a implantação do novo Sistema de Iluminação Pública do município.

Durante a coletiva de imprensa, realizada na sede da Prefeitura, em Coqueiral de Itaparica, o prefeito Max Filho informou que este é um momento importante para o município e que a intenção é que o projeto seja destaque nacional.

“Esta fase inicial é muito importante. É a partir daqui que daremos os próximos passos. Temos tudo para transformar Vila Velha em uma cidade inteligente, graças à parceria que firmamos”, disse o prefeito.

O projeto da nova iluminação do município prevê a substituição das lâmpadas convencionais por lâmpadas de LED, permitindo a implantação de sistemas inteligentes, incluindo a própria telegestão do parque de iluminação, a modernização da rede de videomonitoramento, o controle informatizado da rede semafórica da cidade e do fluxo de veículos nas vias públicas e, possivelmente, a instalação de dispositivos de wi-fi em várias regiões da cidade.

A empresa Ernst & Young foi escolhida pelo BNDES para fazer os estudos do projeto. Todos se reuniram nesta quarta-feira (12), com o prefeito Max Filho.

O consórcio responsável pelos estudos nas áreas de assessoria financeira, jurídica e de engenharia é formado pelas empresas Ernst & Young (EY), Ilumisul Soluções Urbanas em Luminotécnica, Diamantino Advogados Associados.

A empresa Ernst & Young foi escolhida pelo BNDES, por meio de pregão eletrônico, para assessorar o processo de elaboração dos estudos e modelagem.

Benefícios

Entre os benefícios a serem alcançados com a execução do projeto, estão uma maior eficiência no sistema de iluminação pública da cidade, uma redução do consumo de energia, uma maior sensação de segurança e bem-estar por parte da população, e uma maior promoção de áreas turísticas, de lazer e comerciais do município.

De acordo com o secretário municipal de Planejamento e Projetos Estratégicos, Ricardo Santos, o projeto favorece não só a cidade, mas também a população. “A grande virtude deste projeto é a uniformização da iluminação pública em todos os bairros da cidade. A qualidade da nossa iluminação pública vai melhorar muito”, avaliou.

O gerente da empresa Ernst & Young, Gustavo Gusmão, confirmou que “o projeto também vai gerar uma economia muito grande ao município, muito por conta da substituição das lâmpadas de LED, além das oportunidades de negócios com a quantidade de serviços que podem ser acoplados. Novas áreas serão revitalizadas, o que proporcionará o aquecimento da economia local”.

Prazos

Em junho de 2018, a Prefeitura de Vila Velha firmou contrato com o BNDES com o objetivo de contar com o suporte da instituição para o empreendimento que tem por objetivo síntese a modernização e ampliação do parque e iluminação pública do município.

Os estudos terão as seguintes etapas: apresentação de um diagnóstico com análise de cenários, elaboração da modelagem final do projeto, realização de consulta pública, publicação de edital, apoio à Prefeitura na realização de licitação.

Após a conclusão da fase inicial, haverá a assinatura do contrato com a empresa vencedora para a execução do empreendimento de modernização do sistema de iluminação pública via PPP.

A assinatura do contrato está prevista para novembro de 2019. A intenção é de que em dois ou três anos, a iluminação pública de Vila Velha seja modernizada, uniformizando o padrão em todos os bairros, independente da localização.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!