Projeto obriga iluminação de faixas de pedestres

Foto: Reprodução web

De acordo com o autor da proposta, deputado Antonio Carlos Mendes Thame, a medida evita acidentes graves e promove a educação no trânsito

Aproveitando a entrada do Maio Amarelo, campanha de conscientização e educação no trânsito, a Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou proposta que altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97) para tornar obrigatória a iluminação de faixas de pedestres (Projeto de Lei 8729/17). O texto segue para aprovação de outras comissões da Casa.

De acordo com o portal da Câmara, os locais destinados à travessia de pedestres deverão ser sinalizados com faixas pintadas ao longo da via e também iluminadas de acordo com critérios definidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Foto: Reprodução

Autor da proposta, o deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PV-SP) se baseou no projeto “Travessia de Pedestres Iluminada”, desenvolvido pela Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo (CET).

O projeto foi implantado em julho 1996, em frente ao Terminal Rodoviário do Tietê, onde um ano antes ocorreram 27 atropelamentos, dos quais 56% à noite. Para o deputado, “a faixa de luz canalizada induz o pedestre a atravessar na faixa e faz com que o motorista fique mais atento às travessias, contribuindo para diminuir o número de atropelamentos”.

Já o relator no colegiado, deputado Jaime Martins (Pros-MG), defendeu a aprovação do projeto. “A iluminação desses locais de travessia é avanço inegável em nossa legislação de trânsito. Além da redução de acidentes e a consequente preservação da vida, experiências práticas mostram diversos benefícios da iluminação das faixas de pedestres”, disse.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!