Ilha das Caieiras recebe exposição “Copo de Mar”

Foto: André Sobral

A exposição é uma oportunidade de desfrutar a paisagem e as obras que estarão no museu

O Museu Histórico da Ilha das Caieiras “Manoel dos Passos Lyrio”, conhecido como Museu do Pescador, recebe a exposição “Copo de Mar”, a partir deste sábado (05), às 11h. A exposição se estende até o dia 06 de outubro e visa a aproximar o lúdico das imagens que remetem ao mar e tudo o que nele há, com a tradição da Ilha das Caieiras.

As visitações, serão sempre de terças à sextas-feiras, das 13h às 17h, e sábados e domingos, das 11h às 15h. Durante a exposição, o visitante terá contato com imagens que remetem a lembranças, lendas e desejos. Os seres que habitam os oceanos, a comida típica, e tudo que pode vir dos mares, podem mexer com o imaginário popular.

De acordo com a artista e arte educadora, Franquilandia Raft, que também é curadora do trabalho, a temática do mar está presente na vida das pessoas que moram em Vitória. “Na Ilha das Caieiras, em particular, o mar se mistura ao cotidiano das pessoas. Para a comunidade, o mar representa trabalho e sustento; e para o turista, o encantamento com a beleza da paisagem e o sabor da moqueca capixaba” explicou.

A mostra reapresenta ao público três trabalhos premiados nos Salões do Mar, nos anos de 1999 e 2001, e que pertencem ao acervo da Casa Porto das Artes Plásticas: “Roupa de Sereia”, de Maruzza Valdetaro; e “Cuidado com os Parcéis”, de Rosindo Torres; além dos trabalhos “Atum Sólido ao Natural em Água e Sal”, “Sardinhas em Molho de Tomate” e “Sardinhas em Óleo Comestível”, de Júlio Schmidt.

As obras estarão no mesmo espaço expositivo. Desta forma, a temática marítima foi fundamental para criar o diálogo entre as obras. “Pensando no público do Museu, optou-se por obras que permitissem trabalhar a imaginação e a fantasia do universo lúdico. Outro fator importante para que a seleção chegasse nessas três obras é a harmonia estética que elas têm entre si e isso é fundamental para a Exposição Copo de Mar”, disse Franquilandia.

Franquilandia reforça que os trabalhos, mesmo com suas características individuais, dialogam entre si. “Sereias, marinheiros e peixes enlatados em exposição no Museu do Pescador, em um ambiente que já foi comércio de secos e molhados, bem de frente para o atracadouro e o mangue. Um diálogo intenso e circular. As obras falam do entorno e o entorno reverbera o conjunto, sugerindo múltiplas leituras e interpretações ao visitante”, destacou.

Além disso, para a curadora, o mar que banha a Ilha das Caieiras e a própria região, são boas oportunidades de desfrutar a paisagem e as obras que estarão no museu. “A leveza da exposição Copo de Mar, com as sereias de Maruzza Valdetaro; os marinheiros de Rosindo Torres e os peixes enlatados de Julio Schmidt convidam o visitante a pensar essas relações que estabelecemos com o mar que nos rodeia, como o percebemos e desfrutamos dele”, finalizou.

Serviço:
Exposição Copo de Mar
Obras de Júlio Schmidt, Maruzza Valdetaro e Rosindo Torres
Abertura: 05 de agosto (sábado), às 11 horas
Visitação: até 06 de outubro.
Horários: Terça à sexta-feira, das 13h às 17h. Sábado e domingo, das 11h às 15h
Local: Museu Histórico “Manoel dos Passos Lyrio” – Museu do Pescador
Endereço: Rua Felicidade Correia dos Santos, 1095 – Ilha das Caieiras
Entrada franca

Saiba como chegar:

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome