Livro: Hipercrescimento

Aaron Ross e Jason Lemkin escrevem sobre as facilidades de se promover o crescimento de uma empresa

Os autores propõem, primeiramente, um diagnóstico das razões pelas quais a empresa não cresce mais rápido e, em seguida, sugerem ações para atingir o hipercrescimento e, então, mantê-lo.

Os sete ingredientes do hipercrescimento são: (1) garantir um nicho; (2) criar um pipeline previsível; (3) fazer vendas escaláveis; (4) dobrar o tamanho das transações; (5) entender que os prazos muitas vezes são maiores do que os previstos; (6) reforçar o ownership (senso de propriedade) dos colaboradores; (7) usar as frustrações para decidir o futuro.

Além das histórias da multibilionária companhia de software Salesforce e da Acquia, que foi eleita a empresa de software de capital fechado de mais rápido crescimento em 2013, a metodologia de Ross e Lemkin é ilustrada pelos cases de Zenefi ts, que aumentou sua receita de US$ 1 milhão para US$ 100 milhões em cerca de dois anos; EchoSign (Adobe Document Services), que cresceu de US$ 0 a US$ 144 milhões em sete anos; e HubSpot.

Opinião do leitor
Leonardo Davel Fernandes
Leonardo Davel Fernandes

“O livro mostra como uma organização pode sair da estagnação, crescer e inovar, com propostas para atingir e manter o hipercrescimento. E nós estamos sempre em busca de práticas inovadoras e criativas para garantir a captação de mais alunos.
E também de ações atreladas à qualidade de nossa educação, por meio da transformação das nossas escolas e dos ambientes educativos nos diferentes contextos socioeconômicos e
com os mais diversos públicos.”

Leonardo Davel Fernandes, Senac-ES

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome