Campo Digital: área rural vai receber 100 antenas de telefonia móvel

Foto: Fred Loureiro/ Secom -ES

Celular no campo: Secretaria da Agricultura lança o programa ‘Campo Digital”.  Meta é conectar pequeno agricultor com diferentes mercados de trabalho. 

O programa “Campo Digital”, lançado nesta quarta-feira (24) pelo Governo do estado promete ampliar o acesso da população rural à telefonia móvel e à internet 3G.  O programa prevê a instalação de 100 antenas de celular em diversas comunidades rurais do Espírito Santo.

Participam da cerimônia de lançamento o então governador em exercício, Cesar Colnago, e o secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto. Também estiverem presentes diversas lideranças estaduais e municipais.

Colnago destacou que o objetivo do programa é que, por meio do uso de celular e internet, a população rural possa se comunicar com outros produtores, fornecedores e compradores. Um acesso que reduz o custo da produção. Isso porque o produtor não irá precisar mais se deslocar para se comunicar com outros agentes da cadeia produtiva. Além disso, permitirá ao homem do campo melhor integração social entre os meios urbano e rural.


O secretário Octaciano Neto afirmou que a previsão é de que o edital para a contratação da empresa que prestará o serviço seja lançado no segundo semestre deste ano. A instalação das antenas deverá ser realizada entre outubro de 2017 e julho do ano que vem. O valor total do investimento será definido após a licitação para a contratação da empresa. Serão priorizados para a instalação dos equipamentos, os locais com o maior número de pessoas beneficiadas.


Campo Digital 

Um comissão de cinco servidores, sendo três de carreira, será formada para fazer a análise técnica dos locais para instalação das antenas. A licitação será feita por meio de ata de registro de preço para permitir que as prefeituras possam aderir e contratar mais antenas. “A comunicação digital permite que o produtor rural consiga, por exemplo, saber a cotação do café em tempo real, negociar, vender, trocar informações e muitas outras atividades. Esse modelo que vamos adotar fortalece a agricultura capixaba”, disse Octaciano.

“Os prefeitos que vieram hoje ao Palácio receberam a excelente notícia do programa de telefonia móvel rural. Queremos agradecer ao governo por essa parceria com os municípios”, festejou o prefeito de Ibatiba, Luciano Machado. 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Erick Musso (PMDB), afirmou que o Legislativo será parceiro do governo nesse programa. “O Espírito Santo sai na frente por integrar internet e telefonia no campo.”


Planejamento


A implantação de um sistema de comunicação no campo foi apontada como um dos gargalos na elaboração do Plano Estratégico de Desenvolvimento da Agricultura Capixaba 3 (Pedeag 3). O projeto traçou as metas para o agronegócio do Estado, a partir de 56 oficinas realizadas em todas as regiões. Entre os pilares do novo plano da agricultura capixaba está a inovação, a fim de garantir ao setor competitividade e diversificação.

 

Dados

O Espírito Santo é formado por uma população rural de aproximadamente 605 mil habitantes, constituída, em sua maioria, por agricultores familiares que têm como fonte de renda os produtos oriundos de um conjunto de atividades agrícolas, dentre outras atividades associadas. Entre 2013 e 2014 foram instaladas 82 antenas de telefonia móvel pelo Estado.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome