Givaldo Vieira sairá do PT e confirma filiação no PCdoB

Givaldo Vieira
Foto: Agência Câmara

Além disso, o deputado federal anunciou a vinda da pré-candidata comunista à presidência, Manuela D’Ávila ao ES

Está tudo acertado. O deputado federal Givaldo Vieira larga o Partido dos Trabalhadores, no qual ao está desde 1989, e vai para o PCdoB após 29 anos de vida política. Ele comunicou a decisão pela manhã usando suas redes sociais. Givaldo pretende a reeleição na Câmara Federal, mas agora pela legenda comunista.

O deputado destaca principalmente a coerência que mantém ao ingressar na nova legenda. “Fiz a opção de continuar a minha caminhada e o bom combate no PCdoB, sigla a qual empunha também as bandeiras que sempre acreditei: a defesa das trabalhadoras e dos trabalhadores, da democracia, da igualdade social, da equidade de gênero com a defesa dos direitos das mulheres e da soberania nacional – garantias tão atacadas pelo governo Temer”, afirmou Givaldo Vieira, em nota publicada no Facebook.

O parlamentar também explicou o motivo da mudança. “Vivi um momento difícil no PT do Espírito Santo. Os equívocos que lá foram traçados na orientação política são muito graves. Lamentavelmente o partido no Estado não representa as forças populares, nesse momento. Conversei com a base e as pessoas compreenderam, entenderam a minha coerência”, justificou.

Ato de filiação

O deputado Givaldo Vieira vai realizar, no próximo dia 16, em local e horário ainda a ser confirmado, um evento de filiação com a presença da presidenciável pelo PC do B Manuela D’Ávila, da presidente nacional Luciana Santos e da deputada federal Jandira Feghali (RJ).

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!