Gilson Daniel será o novo líder dos prefeitos capixabas

Gilson Daniel (ao centro na imagem), prefeito de Viana, será o novo presidente da Amunes (Fotografia - Divulgação)

Chapa encabeçada pelo prefeito de Viana foi a única a registrar candidatura para entidade que representa municípios do Estado

A Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes) terá um novo perfil para o próximo biênio 2019-2021. A chapa “Unidos pelas cidades capixabas” em que o prefeito de Viana Gilson Daniel (Podemos) é o presidente, foi a única a registrar candidatura nesta segunda-feira (11). A eleição, que passa a ser simbólica, será no dia 26 de março, com o início dos trabalhos no dia primeiro de abril até 31 de março de 2021.

Os demais membros são o prefeito de Nova Venécia, Mário Sérgio Lubiana (PSB), como vice-presidente; o prefeito de Santa Leopoldina, Vavá Coutinho (PRP), como secretário; e o prefeito de Mucurici, Osvaldo de Oliveira (PDT), como tesoureiro. No ato de registro, a prefeita de Guaçuí, Vera Lucia Costa (PDT), também esteve presente. Ela deverá fazer parte da nova diretoria que será criada, a de Políticas Públicas para as Mulheres.

“Precisamos olhar com atenção a questão das mulheres em todo o Estado. Por isso, apresentamos a proposição e já temos a aprovação dos demais membros da chapa, essa nova diretoria, e convidamos a Vera para desempenhar este importante papel”, justifica o prefeito Gilson Daniel. Além da Diretoria de Políticas Públicas para as Mulheres, há a intenção de criar as diretorias de Agricultura e a de fomento às Micro e Pequenas Empresas.

Outros nomes como Além da prefeita Vera, os prefeitos Paulo Márcio (DEM), de Água Doce do Norte, e o de Aracruz, Jones Cavaglieri (Solidariedade), também estiveram presentes e devem ocupar as diretorias de Consórcios e de Petróleo e Gás, respectivamente. As demais diretorias serão preenchidas posteriormente.

E a missão de Gilson e equipe são será fácil, uma vez que já em 2020 haverá municípios no Espírito Santo que não receberão verbas federais como para saneamento e para mobilidade urbana caso não fazem seus planos.

“Muitas vezes não é questão de ter projeto ou não, ter verba ou não para fazer o que deve ser feito. Muitas prefeituras precisam se organizar melhor para receber as verbas das quais já tem direito. As vezes é uma prestação de contas de uma verba pequena feita de maneira equivocada que trava a emissão de uma certidão necessária para captação de recursos importantes. Vamos colocar a ‘mão nessa cumbuca’ e trabalha exaustivamente para não haver perda de arrecadação”, explicou Gilson Daniel.

O futuro presidente disse, ainda, que vai trabalhar na capitação de recursos estaduais e federais e que, para isso, estreitará o relacionamento da associação com os deputados. “Há cidades que não tem recursos para muitas áreas e a ferramenta de emendas parlamentares é de grande valia”, destacou.

Amunes

A Associação dos municípios do Estado do Espírito Santo foi criada na década de 1970 com o propósito de organizar os municípios para defesa dos interesses comuns, para tornar as administrações municipais mais ágeis, fazer debates constantes entre os prefeitos e solucionar problemas em diversas áreas. O atual presidente é o prefeito de Linhares, Guerino Zanon (MDB).

Conteúdo Publicitário
Compartilhe

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!