Funai pode ser mantida no Ministério da Justiça, diz Moro

Foto: Patricia Monteiro/Bloomberg/Getty Images

Segundo o futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, essa poderá ser mais uma das responsabilidades que assumirá no próximo governo

Em entrevista à Agência Brasil, o ex-juiz federal e futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, disse que “está sobrecarregado” e poderá assumir mais uma responsabilidade, a de administrar a Fundação Nacional do Índio (Funai).

Caso a Funai seja retirada da Justiça, a alternativa em estudo é colocá-la vinculada ao Ministério da Cidadania, que agregará as pastas do Desenvolvimento Social, Esporte e Cultura, ou talvez ao Ministério de Direitos Humanos.

“Ainda está indefinido, pode ser até que fique no Ministério da Justiça, pode ser que saia. […] Está sendo discutido”, disse Moro.

Outra possibilidade é que a fundação seja incorporada a outros ministérios, como o de Cidadania ou à Secretaria de Governo, ligada ao Palácio do Planalto. De acordo com o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), o ideal é que a Funai fique ligada a uma pasta que possa dar prioridade à política indigenista.

“[Ir para o Ministério do] Direitos Humanos é bom, pode ser bom. Tem vários lugares [em] que pode ficar, até na Secretaria de Governo. Tem que ser um ministério que dê relevância ao tema. O meu [Ministério da Cidadania] está com muita coisa relevante. É um tema específico, tem muita sensibilidade na sociedade”, afirmou o futuro ministro da Cidadania.

*Da redação com informações da Agência Brasil

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!