Feriado requer atenção nas estradas

Muitas pessoas irão aproveitar o feriado do Dia das Crianças (12) para passear e visitar parentes, e por conta disso, é preciso redobrar a atenção nas estradas para que sejam evitados acidentes

Além de estar com a manutenção em dia, existem outros fatores que não podem ser deixados de lado para quem vai viajar de carro. De acordo com o gerente de Pós Venda da Kurumá Vitória, Marcelo Souza Marques, o condutor deve evitar de transportar muita bagagem, pois o peso extra implica no aumento do consumo de combustível e maior distância de frenagem.

“O ideal é colocar tudo no porta-malas, deixando os volumes mais pesados embaixo. E não deixe objetos soltos no carro, eles podem sair do lugar em manobras bruscas e ferir os ocupantes”, afirma.

Nos carros flex, a recomendação é que seja usada gasolina. Apesar de ter o preço mais alto do que o etanol, ela rende mais e o carro fica com maior autonomia. Verificar o nível de água do reservatório do sistema de arrefecimento do carro também é indicado.

 Confira outras dicas:

– Com a pista molhada, a atenção precisa ser redobrada. Evite pisadas bruscas no freio e procure dirigir a uma velocidade segura compatível com fluxo e com o motor mais cheio. Cuidado com as poças na estrada e, em casos de chuvas muito fortes, o ideal é encostar no posto de gasolina e esperar diminuir. Pista molhada pode causar aquaplanagem e consequentemente perda da direção do veículo.

– Em caso de cerração, diminua a velocidade e acenda os faróis baixos e os de neblina. Nunca utilize o farol alto, que diminui ainda mais a visibilidade. Fique atento às faixas pintadas no chão, para se manter na trajetória no asfalto. Só pare no acostamento em casos de extrema emergência.

– Procure fazer refeições leves antes de pegar a estrada. Comer demais ou ingerir comidas pesadas podem causar sonolência ou mal-estar durante a viagem.

– Nunca pegue a estrada com sono. Caso a sonolência chegue durante a viagem, pare em um posto de combustível e tire uma soneca – não é o ideal, mas ajuda. Uma “piscada” mais demorada ao volante pode causar um grave acidente.

Foto: Valter Campanato/ABr

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome