Feira Internacional de Artesanato começa nesta sexta (04)

Foto: Divulgação

A 15ª edição do evento traz mais de 100 expositores que demonstrarão culturas, artes e tradições de diversas partes do mundo

Começa nesta sexta (04), a 15ª edição da Feira Internacional de Artesanato e Decoração (Feincartes), que trará ais de 100 expositores de 13 países e 11 estados brasileiros, apresentando novidades em artesanato, decoração, móveis, e muito mais. O evento segue até o dia 13 de agosto, na Arena Camburi Eventos, em Jardim Camburi, em Vitória.

Durante a feira, o visitante terá a oportunidade de conhecer a diversidade cultural e tradições de diversos países. Serão expostos mais de 30 mil produtos, e quem passar por lá poderá adquirir peças, a maioria delas, produzidas de forma artesanal e por um preço mais acessível, com opções a partir de R$ 10,00.

Segundo a diretora da Feincartes, Maria Mathias, a edição do evento traz um diferencial “Neste ano, haverá a troca de experiência com os próprios artesãos e donos dos stands. É um contato ainda maior com a cultura de outros países e a história de vida deles”, explicou.

Esta edição da feira vem com muitas novidades, como novos países expondo pela primeira vez, como o Quênia. Haverá também a criação de esculturas ao vivo com o artista Denis Coransil, conhecido como o ‘Mestre das esculturas’, que virá de Rondônia para a feira, e oficina gratuita de bordados com artesãs de Ouro Preto, entre outras atrações.

O Grand Bazar, que virá da Turquia será o grande destaque do evento. “O Grand Bazar em Istambul é um dos mais antigos e maiores mercados do mundo, onde se encontra de tudo um pouco, de cerâmicas, tapetes a joias, tecidos, decoração, roupas. Em Vitória, os capixabas vão poder conhecer um pedacinho desse mercado com uma enorme variedade de produtos turcos”, contou a diretora.

Dentre as participações internacionais estão países como Índia, África do Sul, Japão, Indonésia, Paquistão, Turquia, Peru, Quênia, Senegal, Egito, Equador, Portugal e Tailândia. Já entre os estados brasileiros, além de artesãos capixabas, também participam do evento estados de norte a sul do país como Tocantins, Pernambuco, Sergipe, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo.

A feira estará aberta para visitação das 15 às 22 horas, todos os dias. A entrada será no valor de R$ 8,00. Crianças de até 12 anos são isentas da cobrança do ingresso e idosos com mais de 60 anos pagam meia-entrada.

Stands filantrópicos

O evento também terá três stands filantrópicos, que foram doados para ajudar algumas instituições capixabas. Um deles é o GAPC – Grupo de Apoio a Pessoas com Câncer, que tem como principal objetivo atender pacientes com câncer a partir de 18 anos e seus familiares. Haverá também stand da APAE de Vila Velha e o projeto JVC – Jardins Cultivando Vidas de Jardim Camburi. Todos eles vão apresentar artesanatos criados pelos próprios pacientes, no qual toda venda será revertida em benefício das instituições.

Oficinas gratuitas 

O stand D’Ouro Preto vai oferecer aos visitantes duas oficinas por dia de bordados. Com duração de uma hora cada, as oficinas são gratuitas e para oito participantes em cada horário. Para participar as pessoas devem se inscrever direto no stand. Aliás, a D’Ouro Preto é um dos destaques desta edição. São peças feitas por artesãs da área rural de ouro preto, vestuário ecológico 100 % algodão, feito a mão um por um. São peças únicas para durar gerações. O grupo já criou, inclusive, figurino especial, cada peça feita a mão para o Criança Esperança.

Conheça alguns expositores desta edição:

Grand Bazar da Turquia: Com 144m2, o maior stand da feira será o Grand Bazar direto da Turquia. O Grand Bazar em Istambul é um dos mais antigos e maiores mercados do mundo, onde se encontra de tudo um pouco, de cerâmicas, tapetes a joias, tecidos, decoração, roupas. Em Vitória, os capixabas vão poder conhecer um pedacinho desse mercado com uma enorme variedade de produtos turcos.

Cultura indiana: berço do hinduísmo e do budismo e com uma fusão de várias crenças, a Índia surpreende e encanta por suas expressões artísticas. Na Feincartes, os capixabas vão conferir móveis, tapetes, colchas, pashminas e joias diretamente do país. Além de roupas e acessórios em estilo indianos que também fazem sucesso como batas, camisas e vestidos.

Do Egito para Vitória: O bailarino e professor de dança oriental Ashraf Mahdy participa de mais uma edição do evento. Ele é o responsável pela Tenda Egípcia, com um mix de peças que retratam a cultura de seu país. Dentre os destaques do stand estão os papiros egípcios, roupas para dança do ventre, os famosos lenços, além de esculturas e cerâmicas. Para deixar o ambiente ainda mais alegre, Ashraf promete muita música com breves apresentações com derbake, o principal instrumento de percussão na música árabe.Peru: o que existe de mais tradicional e famoso no artesanato andino são os espelhos e papiros em molduras pintadas com pó de ouro, expressado as representações religiosas. Também fazem sucesso as cerâmicas, os enfeites de paredes, as esculturas e a bolsas coloridas.

Divindades da Indonésia: a arquitetura, as manifestações culturais e a simpatia do seu povo fazem da Indonésia uma mistura de mistério e magia. Representando um pouco da cultura do país, a Feincartes contará com esculturas de animais e de divindades, máscaras tribais e de Buda, móveis e diversas peças em madeira.

Mestre das esculturas: O escultor Denis Coransil, que apesar de capixaba nascido em Colatina, vive desde pequeno em Rondônia, é presença confirmada nesta edição da Feincartes. Autodidata, Denis ganhou o apelido de ‘Mestre das esculturas’ e já expõe seu trabalho em diversos eventos e feiras no Brasil e exterior. Pela primeira vez em um evento em Vitória, além de conhecer diversas esculturas do artista, os capixabas terão a oportunidade de ver ao vivo ele esculpindo um novo trabalho em seu stand.

Capim dourado de Tocantins: Outro destaque no evento é o stand com produtos feitos com Capim Dourado, direto de Tocantins. São trabalhos em forma de acessórios como brincos, colares, pulseiras, anéis e bolsas, como também mandalas para decoração de paredes, sousplat para mesas, tudo feito à mão. O capim dourado só existe no Brasil e é colhido uma vez por ano, com grande valor natural na moda considerado o ouro vegetal.

Antiquário mineiro: Quem também marca presença no evento é o antiquário Tereza Antiguidades, de Minas Gerais, trazendo peças carregadas de história, antiguidades, opções que vão desde vasos a móveis, esculturas e outras peças.

Aparechitas: também de Minas Gerais, a marca Aparechitas também leva para o evento peças diferenciadas para quem não abre mão de deixar a casa sempre arrumada. O tecido chita é o carro-chefe da marca que também trabalha com outros tecidos, tudo artesanalmente. São peças como colchas, toalhas de mesa, capas de travesseiro, capas de almofadas, sousplats, jogos americanos, porta-guardanapos, entre outros artigos para a casa.

Piatto Gourmet: unindo funcionalidade e decoração, as peças da Piatto Gourmet, de Minas Gerais, são produzidas de forma artesanal com madeira de demolição e vidro temperado estampado com desenhos coloridos e divertidos.

Confira o que pode ser encontrado na feira:

Serviço:
15ª edição da Feincartes – Feira Internacional de Artesanato e Decoração

Data: 04 a 13 de agosto
Horário de funcionamento: Todos os dias das 15h às 22h
Local: Arena Camburi Eventos – Avenida Norte Sul, Jardim Camburi, em Vitória.
Ingresso: R$ 8,00. Pessoas com 60 anos ou mais pagam meia. Crianças com até 12 anos e acompanhadas são isentas.
Mais informações: (27) 3209-1276 / 3209-1277
Instagram: @feira_feincartes
Fanpage: www.facebook.com.br/feirafeincartes

Oficinas Gratuitas de Bordados de Ouro Preto
Todos os dias: 1º horário das 16h às 17h / 2º horário: das 20h às 21h
Vagas limitadas a oito pessoas por aula.
Inscrições: Gratuitas no stand Douro Preto. Todo o material será fornecido pelo stand.
Ministrante: Maria de Lourdes Rosa

 

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome