Liberadas 3 mil toneladas de farelo de soja para alimentar aves e suínos

farelo de soja
Foto: Agência Brasil

Um decreto do governo estadual garante o insumo que está estocado no Porto de Tubarão

O governador Paulo Hartung anunciou no início da noite desta terça-feira (29) que foi liberado de forma imediata um estoque de 3 mil toneladas de farelo de soja. A medida é fruto da articulação realizada com fornecedores e produtores rurais. O produto está no Porto de Tubarão, em Vitória, e será destinado à alimentação de aves e suínos no Espírito Santo.

Foi assinado nesta terça um decreto que prevê a requisição administrativa de insumos de propriedade particular para a alimentação de aves e suínos do Espírito Santo. O farelo de soja será levado às granjas por transporte rodoviário.

“Hoje baixamos um decreto, desenvolvido a partir de um estudo profundo feito pela Procuradoria do Estado, requisitando uma parte da carga de farelo de soja que está no Porto de Tubarão. Esse farelo é um elemento importante para alimentação das aves e suínos. Ontem havíamos conseguido um passo importante com a liberação do estoque de milho armazenado pelo governo federal. Com essas ações temos um complemento para alimentação dos animais até semana que vêm”, analisa o governador.

Paulo Hartung também revelou que fez contato com a VLI – empresa que oferece soluções logísticas que integram portos, ferrovias e terminais – que disponibilizou 40 vagões para fazer o transporte de alimentos da região Central do país.

Na segunda-feira (28), foram liberados 6 mil toneladas de milho armazenados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no Espírito Santo. O Estado possui 30 milhões de aves e 150 mil suínos. Tanto o milho quanto o farelo de soja são utilizados na alimentação deles.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!