Exposição sobre a história da Usina Paineiras, em Marataízes

Foto: Divulgação

O Palácio das Águias reúne fotografias da empresa mais antiga dos Estado do Espírito Santo 

O Palácio das Águias, considerado símbolo da história de prosperidade do litoral Sul Capixaba, localizado em Marataízes, recebe até o dia 31 de julho, uma exposição sobre os 105 de atividades da Usina Paineiras, sediada em Itapemirim, no Espírito Santo. A exposição é gratuita e aberta ao público, de segunda a domingo.

A mostra reúne fotografias históricas da empresa, que é o empreendimento industrial em atividade ininterrupta há mais tempo no Espírito Santo, sustentando um mercado de 15 mil empregos e outros benefícios para todo o Sul do Estado.

“É uma empresa com uma importância econômica e social muito grande na nossa região”, destaca a coordenadora cultural do Palácio das Águias, Bárbara Pérez, que idealizou e organizou a mostra a partir de um livro próprio de contos e “causos” relacionados à forte presença da empresa na vida das pessoas do litoral Sul.

A exposição também destaca a ação ambiental da Usina Paineiras, especialmente em torno do ex-diretor Ruy Vital Brasil Filho, falecido em 2015. Tendo atuado durante mais de 50 anos na empresa, ele contribuiu decisivamente para que ela se tornasse uma referência também em preservação ambiental, devido à conservação da chamada “Mata do Ouvidor”, e em produção de mudas de árvores nativas da Mata Atlântica (devido ao viveiro da empresa, em plena atividade).

O Palácio das Águias está situado na Barra do Itapemirim e pode ser visitado de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h; e, aos sábados e domingos, das 10h às 16h. Para agendar visitas ou obter informações basta entrar em contato por meio do telefone (28) 99883-4226.

Usina Paineiras

A Usina Paineiras foi criada em Itapemirim, no Espírito Santo, há 105 anos, dentro do primeiro ciclo de industrialização capixaba desenvolvido pelo governo estadual, durante o governo de Jerônimo Monteiro. Daquele ciclo, só a Usina Paineiras permanece em atividade, sempre cumprindo o seu papel de agregar valor à produção dos agricultores locais e gerar riqueza e empregos no litoral Sul do Estado.

Porém, após amargar sucessivos prejuízos sob direção estatal, aos 25 anos a empresa foi vendida ao engenheiro mineiro Ataliba Carvalho Britto (patriarca da família que multiplicou o potencial da empresa e permanece na sua direção). Hoje, a Usina Paineiras tem a capacidade de processar 1.200 mil toneladas de cana-de-açúcar por ano, resultando em uma produção de 60 mil toneladas de açúcar e 57 mil m³ de álcool anidro ou hidratado.

Serviço:
105 de atividades da Usina Paineiras
Data: Até 31 de julho
Horário: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h; e, aos sábados e domingos, das 10h às 16h
Local: Palácio das Águias
Endereço: Av. Simão Soares – Alto Lagoa Funda, Marataízes – ES
Informações: (28) 99883-4226.

 

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome