Exposição “Amas – Fisionomias e Desmembramentos” no Homero Massena

Foto: Divulgação

Na exposição, o artista Luciano Feijão busca propor uma reflexão acerca do papel dos negros na sociedade

A exposição “Amas – Fisionomias e Desmembramentos”, do artista Luciano Feijão começou no mês de junho, mas continua aberta na Galeria Homero Massena, em Vitória, até o dia 08 de setembro. A entrada é franca.

Por meio de obras feitas com nanquim, o artista propõe uma reflexão sobre o papel dos negros na sociedade. Inclusive, uma de suas inspirações foi a obra “A Negra” (1923), da artista modernista Tarsila do Amaral.

O quadro de Tarsila foi criado por conta de uma recordação de sua infância na fazenda, onde as escravas cuidavam das crianças e eram muitas vezes suas amas-secas, como uma espécie de mãe de leite para o bebê, enquanto as “sinhás” não o conseguiam produzir.

O trabalho de Feijão é o resultado de uma pesquisa de mestrado, concluída em 2014. E em 2016, se tornou a mostra “Torções”, projeto que originou o atual.

Exposição “Amas – Fisionomias e Desmembramentos”
Data: Até 08 de setembro
Horário: Segunda a sexta, das 09 às 18 horas, e sábado, das 13 às 17h
Local: Galeria Homero Massena
Endereço: Rua Pedro Palácios, 99, Cidade Alta, Vitória
Informações: (27) 3132-8395

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!