Espírito Cacau é destaque nacional e se prepara para inaugurar nova fábrica

A Espirito Cacau, que produz um chocolate de origem única e gourmet – produtos 100% naturais, funcionais e saudáveis –, se prepara para inaugurar, ainda neste semestre, a sua nova fábrica, que passará a funcionar em Serra. A nova estrutura terá 3850 m² de área construída e irá ampliar a produção de 12 para 60 toneladas de barras de chocolate por mês.

Além disso, em comemoração ao Dia do Cacau, celebrado no dia 26 de março, a empresa irá lançar em sua loja, na Praia do Canto, em Vitória, uma caixa de bombons especial, feitos com o teor 70% cacau.

Além de dar origem a um chocolate com alto teor de proteína, alto teor de fibra, baixo teor e gordura, com a nova estrutura, a chocolateria passará a ocupar uma importante fatia no mercado, podendo produzir também produtos 100% sem lactose. “Desta forma, vamos atender uma demanda do mercado, já visando outros países, como Estados Unidos e China”, disse o diretor-presidente da marca, Paulo Gonçalves.

Atualmente, o Grupo Espírito Cacau gera cerca de 60 empregos diretos e 20 indiretos. Com a nova fábrica em construção, a empresa pretende abrir mais de 50 vagas, sendo para a área de produção e comercial.

A nova fábrica vai contar com uma área de preservação ambiental e projetos de visitação. O projeto, que tem um investimento de R$ 7,6 milhões e é uma parceria com o programa Invest-ES, do Governo do Estado.

A transformação do cacau em chocolate

Todo o processo, da colheita à transformação em barras de chocolate, dura em torno de 60 dias. E, em Linhares, encontra-se um dos melhores cacaueiros da América Latina. Isto porque o cacau originário das fazendas do Grupo Espírito Cacau, a São José e Ceará, localizadas à margem do Rio Doce, garantiu o segundo lugar no Salão do Chocolate em Paris, a maior vitrine gastronômica da linha gourmet e de origem, sendo reconhecido como Cacau de Excelência pela International Cocoa Awards como um dos melhores da América do Sul.

As duas fazendas capixabas, que dão origem ao chocolate natural e saudável da Espírito Cacau, foram as primeiras de cacau de origem do Brasil, fundadas em 2010. Isto significa que o Grupo Espírito Cacau, que consiste nas fazendas, na fábrica e na chocolateria, tem o controle de todo o processo, desde o plantio do fruto em sua fazenda sob rigorosa qualidade internacional até o produto que chega às lojas e é entregue ao consumidor.

De acordo com Paulo Gonçalves, o fato de todo o processo ser acompanhado pela mesma empresa, a excelência no produto final é garantida. Um dos fatores que torna o cacau produzido nas fazendas do Grupo superiores e com certificados de garantia de qualidade é a tecnologia e manejo utilizados no processo. “Fazer as atividades no momento certo, com alta qualidade e com respeito à natureza e ao homem é o que garante o sucesso e reconhecimento do nosso produto. Além disso, a fazenda implantou algumas tecnologias que melhoraram ainda mais a qualidade do cacau, como material genético, manejo integrado, colheita, fermentação controlada por termômetro e secagem em estufa solar natural, garantindo um cacau com sabor e aroma inigualável”, enfatizou o empresário. O chocolate da Espírito Cacau, produzido em terras capixabas, faz parte de 3,5% do mercado mundial de chocolate com origem única e gourmet.

Numa área de 3500.000 m², as amêndoas são selecionadas rigorosamente e produzidas com fermentação controlada e secadas em estufas solares, resultando num chocolate gostoso e saudável. A lavoura de cacau é feita com plantas selecionadas, adubadas e irrigadas sob rigoroso controle técnico, o que propicia um equilíbrio perfeito entre o sabor e a qualidade.

Para ser considerado cacau de origem, além do local de produção, o manejo ecologicamente correto e com enfoque na qualidade do fruto, a justiça e a preocupação social no trato com os produtores e as técnicas rígidas de controle do beneficiamento garantem um padrão de exigência reconhecido internacionalmente. Por estes e outros motivos que as fazendas da Espírito Cacau é uma das mais tecnicamente formadas, com alta tecnologia e a única do Espírito Santo com certificação suíça UTZ, por ser ecologicamente e socialmente correto.

Com a produção de 240 toneladas por ano, tudo o que é produzido na fazenda atualmente, se divide entre exportação e os produtos da Espírito Cacau. “Toda a linha da chocolateria tem alto teor do puro cacau, seja sem glúten e livre de gordura hidrogenada, aromatizantes, emulsificantes como PGPR, estabilizantes e conservantes artificiais, além de conter apenas a gordura da manteiga de cacau, utilizando como padrão a legislação internacional”, ressaltou Paulo. Atualmente, 10% de toda a produção é destinada para exportação.

Crédito foto: Divulgação

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome