Como preparar as crianças para o novo mercado de trabalho

Modelo tradicional de ensino precisa ser questionado (Imagem - Agência Brasil)

Em um mundo em constante transformação, como mudar a forma de ensino?

O mundo globalizado pede pessoas criativas, inovadoras, independentes, com habilidade de conexão umas com as outras, que são características exigidas pela nova era do mercado de trabalho. Porém, muitos pais e educadores ficam na dúvida de como estimular as crianças e adolescentes para esse realidade.

O coach de carreira, Igor Salotto, explica que se os alunos continuam enfileirados em carteiras, estudando para tirarem 10 nas provas, tento o professor como figura autoritária, a nova atitude não será alcançada. “As escolas com pensamento mais inovador estão focadas no indivíduo, em desenvolver as competências de cada aluno e prepará-lo para ocupar esses postos no futuro”, pondera o especialista.

Por isso, a importância de tratamento de forma individualizada. “Cada indivíduo possui diferentes habilidades, diferentes sonhos, porém o ensino é o mesmo e da mesma maneira, sem levar em consideração os pontos fortes de cada aluno”, completa.

Segundo Igor, o modelo educacional precisa estimular uma jornada pessoal do estudante para definir seus interesses, alcançar e superar desafios, amplia as oportunidades para o futuro profissional. “Desde pequenos eles vão aprendendo as competências e as habilidades necessárias para atuar e se destacar em um mundo dinâmico e em constante transformação”, destaca.

Conteúdo Publicitário
Compartilhe

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!