Enem 2017: o que pode ou não levar para a prova

Enem Prova
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Confira a lista de itens proibidos na hora de fazer o exame neste domingo (5). É necessário levar documento oficial com foto.

A prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontece nos próximos domingos, 5 e 12 de novembro. Os estudantes devem ficar atentos ao material que precisam levar no dia e ao que não é permitido durante a aplicação do teste.

Pela primeira vez, a prova será personalizada. Os cadernos de questões e o caderno de respostas estarão identificados com nome e número de inscrição do participante. O aluno poderá deixar o local duas horas depois do início da prova. Só é possível sair com o caderno de questões nos últimos 30 minutos antes do fim das provas.

Perda de documento

Se o candidato perdeu ou teve o documento roubado, deverá apresentar um boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro domingo de aplicação do Enem (5 de novembro).

Os documentos oficiais aceitos no dia da prova são:

  • carteira de identidade
  • carteira de motorista
  • carteira de trabalho
  • carteira de reservista
  • passaporte
Caneta preta

O candidato terá de usar caneta esferográfica de tinta preta para fazer as provas, a redação e preencher o cartão de respostas. A caneta deve ser fabricada com material transparente. Outra cor de tinta impossibilita a leitura óptica do cartão de respostas.

Cartão de inscrição

O cartão de comprovação de inscrição não é obrigatório, mas é recomendável levar para ter acesso mais fácil a dados como o local e a sala da prova. Quem precisar comprovar sua presença na prova, para apresentar no trabalho, por exemplo, deve levar a declaração de comparecimento impressa e colher a assinatura do coordenador no dia da prova. O formulário está disponível na Página do Participante.

Alimentos

Lanches são permitidos. Os alimentos industrializados (biscoitos, salgadinhos, iogurte) precisam estar com as embalagens lacradas e serão vistoriados antes do ingresso na sala.

Itens proibidos

Não é autorizado o uso de celular ou de qualquer aparelho eletrônico durante as provas. Os aparelhos terão de ser colocados em um porta-objetos com lacre, que deverá ficar embaixo da cadeira até o final das provas.

Confira os itens proibidos no dia da prova do Enem:

  • Lápis
  • Chaves
  • Livros
  • Manuais
  • Borracha
  • Anotações
  • Boné, chapéu, viseira, gorro ou similares
  • Fones de ouvido ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens
  • Impressos
  • Lapiseira
  • Óculos escuros
  • Caneta de material não transparente
  • Dispositivos eletrônicos (calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, pen drives, mp3 ou similares, gravadores, relógios, alarmes).
Regra sobre direitos humanos

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) notificou o órgão organizador do Enem. A Justiça determinou a suspensão da regra que diz que quem desrespeitar os direitos humanos na prova de redação pode receber nota zero.

As informações são da Agência Brasil. A assessoria de imprensa do Ministério da Educação (MEC) confirmou que o Inep foi notificado e deve recorrer o mais rápido possível. A prova de redação do Enem será aplicada a mais de 6 milhões de candidatos neste domingo (5).

A decisão judicial foi tomada em caráter de urgência a pedido da Associação Escola Sem Partido. A entidade alega que a regra é uma “punição no expressar de opinião”.

O MEC reafirmou em nota que todos os seus atos são balizados pelo respeito irrestrito aos direitos humanos, conforme a Declaração Universal dos Direitos Humanos, consagrada na Constituição Federal Brasileira. A recomendação do ministério é que os candidatos sigam as regras do edital.

Compartilhe

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome