Mês de julho registra o maior eclipse total da Lua do século

Lua de Sangue
Foto: Paulo Pinto/Fotos Públicas

Vitória foi a segunda Capital em que o fenômeno pode ser visto

Os olhos do mundo inteiro se voltaram para o céu. No fim de dia desta sexta-feira (27), os capixabas da gema desfrutaram do maior eclipse lunar já registrado neste século. O fenômeno ocorre quando o Sol, a Terra e a Lua ficam alinhados nesta ordem.

Nosso planeta faz sombra sobre o satélite natural. No qual, Brasileiros se organizaram para contemplar o evento, que durou pouco menos de duas horas. O atrativo diferencial foi a iluminação por um efeito laranja avermelhado na lua, que ganhou o nome de “Lua de Sangue”. A razão das cores é a atmosfera terrestre.

A lua nasceu em horários diferentes nas cidades brasileiras, começando no litoral. Segundo a Sociedade Astronômica Brasileira, entre as capitais a primeira foi a de Recife-PE (17h15). Depois foi a vez da capital capixaba, às 17h18. Seguido de Natal-RN, (17h19), Salvador-BA (17h22), Rio de Janeiro-RJ (17h26) e Belo Horizonte-MG (17h34). A visibilidade total se deu apenas nas regiões: Sul, Sudeste e Nordeste do país.

Reveja ao eclipse:

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!