Brasil com média de 13,2 milhões de desocupados em 2017

carteira de trabalho
Foto: Agência Brasil

O IBGE divulgou a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua, que mostra o maior índice da série histórica nesse ano.

A parcela de desempregados em 2017 no Brasil ficou em 12,7%. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira (31) a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (PNAD Contínua). Os dados representam o maior índice histórico da série que começou em 2012.

A pesquisa constatou que a média de desocupados em 2017 foi de 13,2 milhões. Isso representa um crescimento de 12,5% em relação a 2016, que teve média de 11,7 milhões de desocupados. As informações são da Agência Brasil.

Analisando-se apenas o último trimestre do ano, o nível ficou em 11,8%. A taxa do terceiro trimestre de 2017 havia ficado em 12,4%. Já a do último trimestre de 2016 havia sido de 12%.

A população desocupada no trimestre (12,3 milhões) caiu 5% (menos 650 mil) em relação ao trimestre anterior (13 milhões). Mas, se manteve estável em relação ao último trimestre de 2016. Já a população ocupada (92,1 milhões) cresceu. Esteve 0,9% maior em relação ao trimestre anterior (mais 811 mil pessoas) e aumentou 2% na comparação com o último trimestre de 2016.

Leia também

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!