3,4 mil cidadãos já denunciaram infração de trânsito por aplicativo

Foto: Carlos Antolini

A maioria dos vídeos mostra estacionamentos irregulares e vieram de todas as regiões da cidade de Vitória

O aplicativo Capester, também conhecido como “Tô de olho Vitória”, completa um mês de lançamento e 3.459 pessoas já baixaram o aplicativo. Até essa segunda-feira (24), o aplicativo recebeu 461 vídeos. Desses, 77 passaram pelo filtro da inteligência artificial presente no aplicativo e 57 foram validados como flagrantes de infrações de trânsito.

Vitória é a segunda cidade brasileira a utilizar essa tecnologia, depois de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, onde o aplicativo está em uso há cerca de três meses. Além do Brasil, há outras cidades interessadas em utilizar esta tecnologia. Na França, Polônia, Cingapura e outras cidades de Israel, onde o aplicativo foi criado, o aplicativo já funciona.

O secretário de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana, Tyago Hoffmann, informou que quem comete uma infração de trânsito na verdade está desrespeitando toda uma coletividade. “Várias pessoas se sentem incomodadas com a falta de educação no trânsito. E com as cartas de advertência educativa pretendemos mostrar isso aos motoristas infratores, para que eles não voltem a desrespeitar o trânsito”, declarou.

Como utilizar:

Para utilizar o Capester, basta baixar o aplicativo, que está disponível para qualquer tipo de celular. O programa possui um tutorial que dá algumas dicas:

– Evite filmar na presença do condutor do veículo ou confrontá-lo;

– O vídeo precisa ter no mínimo 15 segundos;

– É possível reportar qualquer tipo de infração de trânsito;

– O anonimato do autor do vídeo é preservado;

– As imagens dos carros em situação irregular não devem ser divulgadas em outros meios identificando o infrator ou a placa do carro;

– Os vídeos só podem ser enviados utilizando diretamente o aplicativo e por isso não podem ser editados.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome