Contratos envolvendo agroindústria são debatidos em Brasília

O objetivo é a proteção dos produtores em relação a grandes oscilações do mercado (Fotografia - Thiago Gomes)

Um grupo de trabalho foi criado para debater o tema

A Comissão Nacional de Aves e Suínos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promoveu uma reunião, em Brasília, para debater a metodologia do valor de referência para os contratos de integração entre agroindústria e avicultores e suinocultores.

A base de cálculo para a remuneração desses produtores está sendo elaborada por um grupo técnico, criado pelo Fórum Nacional de Integração Agroindustrial de Aves e Suínos (Foniagro) e composto por representantes das indústrias e dos produtores.

De acordo com o presidente da Comissão, Iuri Machado, o produtor que está inserido em um sistema integrado deve ter a garantia de rentabilidade mínima e estar protegido das oscilações de mercado.

“O grupo vem trabalhando nesse cálculo desde o ano passado. Na metodologia, nós levamos em consideração a composição de custos, valor de investimento, taxa de atratividade desse investimento e todos os itens que compõem a remuneração do produtor, dentro de um sistema de integração”, disse.

Iuri afirmou que a próxima reunião do GT do Foniagro está prevista para a próxima semana, com o objetivo de discutir assuntos que ainda estão pendentes. “Assim que os trabalhos do grupo forem concluídos, eles serão levados para a reunião do Foniagro, para que aprovem e definam o valor de referência dos contratos”.

*Da redação com informações da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!