Contas de energia mais caras em 10 cidades do ES

Foto: Folha Online

Além do aumento de 17% na conta de energia, o mês de agosto também conta com a bandeira vermelha, que terá acréscimo de R$ 3 a cada 100 kWh

A partir da próxima terça-feira (22), a conta de energia ficará mais cara para os moradores de alguns municípios do Espírito Santo. O reajuste médio de 17,07% para os clientes residenciais e de 10,91% para os industriais foi aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

De acordo com a empresa Luz e Força Santa Maria S.A (ELFSM), a empresa atende 109 mil consumidores dos municípios de Alto Rio Novo (Somente o distrito sede), Pancas, Águia Branca, São Gabriel da Palha, Vila Valério, São Domingos, Governador Lindenberg, Colatina, Marilândia, São Roque do Canaã, Santa Teresa (Distritos de Santo Antônio do Canaã, São João de Petrópolis e 25 de Julho).

Além disso, a partir deste mês começa a ser aplicada a bandeira vermelha nas contas de energia elétrica, patamar 1, com acréscimo de R$ 3 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A Anel informou que a causa do acionamento da bandeira vermelha foi o aumento do custo de geração de energia elétrica.

Bandeiras tarifárias

As bandeiras tarifárias foram criadas em 2015 como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome