Cientistas descobrem bactéria ultrarresistente

Constatação preocupa a Organização Mundial da Saúde, devido a possibilidade de contaminação dentro de hospitais

Cientistas americanos identificaram o primeiro caso de infecção por uma bactéria resistente a todos os tipos de antibióticos disponíveis para tratamento. A constatação foi feita após uma mulher de 49 anos, da Pensilvânia (EUA), ter recebido atendimento médico com uma infecção urinária causada por uma cepa da bactéria Escherichia coli, ou E.coli, eliminada através das fezes.

De acordo com o diretor do CDC, Thomas Frieden, a bactéria é resistente até mesmo a antibióticos reservados para “superbactérias” como a Colistina. A resistência aos antibióticos é considerada um problema de saúde pública pela Organização Mundial de Saúde (OMS) por causar milhares de mortes em diferentes regiões do mundo.

Procedimentos que até então são considerados simples em hospitais podem até ficar comprometidos com a presença de superbactérias, ao colocarem o paciente em risco de vida, caso haja contaminação durante uma pequena cirurgia, por exemplo.

Compartilhe

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome