É possível gerar chuva e plantar no Saara!

Foto: Reprodução

Conhecido como o lugar mais improdutivo do mundo, o deserto do Saara pode gerar chuva e ser um lugar produtivo para a plantação

Cientistas das universidades norte-americanas de Illinois e Maryland, nos Estados Unidos, desenvolveram um estudo em que as de usinas eólicas e solares podem produzir mudanças climáticas significativas em uma escala continental, aumentando a temperatura local, as precipitações e a vegetação do Saara e do vizinho Sahel.

De acordo com Yan Li, autor principal do estudo, da Universidade de Illinois, citado pelo portal científico Science, “o aumento da chuva é uma consequência das complexas interações da terra com a atmosfera que ocorrem quando os painéis solares e as turbinas eólicas criam superfícies de solo mais ásperas e escuras”.

A meteorologista Eugenia Kalnay da Universidade de Maryland, citada pelo website da Universidade de Illinois, disse que esse efeito pode, sim, dar certo. “Descobrimos que a instalação em grande escala de parques eólicos e solares pode trazer mais precipitações e promover o crescimento da vegetação nessas regiões”, afirmou.

Esses efeitos podem surgir por dois motivos. Primeiro, as turbinas eólicas melhoram a mistura vertical de calor na atmosfera, empurrando para baixo o ar mais quente e ampliando a fricção do ar com os elementos do relevo, aumentando assim a probabilidade de precipitação de chuvas.

*Com informações do Sputnik

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!