Cariacica recupera o rumo do crescimento

Retrospectiva 2017
O Cmei de Cariacica-Sede (Morrinhos) é uma das creches que serão entregues em 2018

Diante da queda da arrecadação, município apostou em medidas alternativas para captar recursos

Após um período conturbado de instabilidade financeira, a Prefeitura de Cariacica comemora o equilíbrio das contas. Em seu segundo mandato, o prefeito Juninho atribui o bom resultado à austeridade, que garantiu ao município uma posição estratégica para o crescimento que se anuncia.  No entanto, a falta de verba para o ano de 2017 inviabilizou um avanço mais robusto da infraestrutura de Cariacica. Em obras, o investimento caiu de R$ 42.790.882,20 para R$ 17.583.987,09, em relação ao ano passado.

Diante disso, a prefeitura apostou em medidas alternativas para reforçar o caixa, como a parceria público-privada para a implantação do estacionamento rotativo e a elaboração de projetos para captação de recursos com os governos estadual e federal, tanto por meio de convênios quanto de emendas parlamentares.

O município trabalhou também na obtenção de financiamentos com a Caixa Econômica Federal e com o Banco do Brasil, somando um valor de R$ 85 milhões. Parte desses recursos será aplicada na realização de obras do Orçamento Participativo que estão pendentes por falta de verba. Uma parcela também será utilizada no serviço de recapeamento de vias, sobretudo na recuperação da malha viária danificada pelo uso intenso e pelas chuvas.

Outra ação importante foi o trabalho institucional de posicionamento e fortalecimento da imagem da cidade, que propiciou a chegada de investimentos privados nos setores industrial, logístico e, principalmente, de construção civil. Nesse sentido, a grande conquista de 2017 foi a criação do Centro de Distribuição da Zona Franca de Manaus, que funcionará às margens da Rodovia do Contorno.

EDUCAÇÃO E SAÚDE SÃO PRIORIDADES

Este ano, 50% de toda a arrecadação municipal foram destinados às áreas de educação e saúde. A Administração destacou a inauguração da creche Maria Custódio de Jesus, em Porto de Cariacica, com o valor final de R$ 2 milhões. Até o fim de 2018, está prevista a criação de 1.600 vagas nas creches dos bairros Jardim América, Cariacica-Sede (Morrinhos), Porto Belo II, Vila Prudêncio, Alzira Ramos e Vale dos Reis, com um investimento superior a R$ 5 milhões, oriundos de convênio com o governo federal.

 

A população de Cariacica vai contar com a entrega de importantes obras em 2018

Entre os destaques na saúde estão o início da elaboração de um plano para reestruturar todo o atendimento médico municipal e a publicação do Decreto nº 124/2017, que instituiu a gratificação por plantões e produtividade para médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem que trabalham na rede municipal. Outra medida foi a implantação do ponto eletrônico em toda a área da saúde, decisão que será estendida a todos os setores da prefeitura.

No Pronto-Atendimento de Alto Lage, o processo de informatização está avançado. A expectativa é que o sistema seja implantado em todas as unidades de saúde do município, agilizando o atendimento e permitindo o acompanhamento do histórico clínico de cada paciente. Ainda em 2017, uma nova unidade de saúde deve ser inaugurada, em Nova Rosa da Penha 2.

INFRAESTRUTURA

A fluidez do trânsito em Campo Grande melhorou com a implantação do estacionamento rotativo, fruto de concessão. O moderno sistema, que não utiliza parquímetro, promoveu a melhor utilização das vagas do centro comercial da Avenida Expedito Garcia, chegando a registrar em média cinco veículos por vaga num dia. O serviço é utilizado pelo aplicativo Digipare, acessado pelo smartphone. Na mesma avenida, foram investidos R$ 826.995,07 na revitalização das calçadas, que recebem grande fluxo de pedestres. E em Alto Lage a prefeitura realizou obras de impermeabilização, por meio de geomanta, e estabilizou a encosta às margens da BR 262. O investimento foi de R$ 1,2 milhão.


Juninho

Geraldo Luzia Júnior, o Juninho, eleito em 2013, foi o prefeito mais votado em todo o território nacional, com 85% da preferência dos que foram às urnas. Formado em Educação Física, ele já ocupou o cargo de secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer de Cariacica e foi vice-prefeito da cidade. Em 2016, Juninho garantiu mais um mandato, até 2020.

Qual foi o maior desafio neste primeiro ano da atual gestão?

Nos últimos anos, vivemos um momento de crise financeira, institucional e política. Sem dúvida, o maior desafio foi conseguir manter a cidade organizada e com as contas equilibradas. O trabalho diário realizado com a minha equipe permitiu que chegássemos ao fim de 2017 com as contas no azul e com um cenário otimista para investimentos, seja com recursos de convênio, seja de financiamento, seja de parcerias com a iniciativa privada. Viabilizamos importantes obras na área de esporte e lazer, quase prontas para serem entregues à população: a Praça CEU, em Nova Rosa da Penha 2, e o Centro de Iniciação Esportiva de Cariacica (CIE), entre Itacibá e Nova Brasília.O investimento feito foi de quase R$ 7 milhões no total, provindos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Ministério da Cultura e do Esporte.

O município já superou a crise?

Este foi um ano de continuidade do trabalho de manutenção das contas públicas, exercido desde o meu primeiro ano de mandato, em 2013. O corte de custeio seguiu como um objetivo, sem diminuir
a qualidade dos serviços à população, mas preparando a cidade para começar a sair do cenário de crise econômica vivido em todo o país. A crise debilitou todos os municípios, mas podemos dizer que a pior fase já passou. A diferença será vista comparando-se os resultados de quem soube fazer o dever de casa e que, neste momento, começa a colher os frutos. Assim é Cariacica hoje: pronta para iniciar o crescimento sustentável.

Como o município tem contribuído para promover a integração da região metropolitana?

Não há como pensarmos Cariacica sem pensar em integração, já que faz limite com as maiores cidades: Vitória, Vila Velha, Serra e Viana. Por isso, ainda no início de 2017 assinamos o convênio que previa trocarmos informações, métodos e planejamento. Dessa maneira, o Plano Diretor Municipal (PDM) de Cariacica foi elaborado para se encaixar no Plano Diretor Urbano Integrado da Grande Vitória (PDUI). Estamos avançando também em parcerias bilaterais, tendo como exemplo a parceria entre Cariacica e Vila Velha por meio das equipes de videomonitoramento, compartilhando imagens de ocorrências que comecem num município e terminem no outro.

Em quais eixos de ligação com os municípios vizinhos será mais evidente essa evolução?

Cariacica está planejando, por exemplo, a Rodovia Leste-Oeste como um novo corredor de desenvolvimento. A via, que será outra ligação a Vila Velha, abrigará o Hospital Geral de Cariacica e será aberta para novos condomínios, tanto residenciais, quanto empresariais. Assim, surge um novo ponto focal de desenvolvimento econômico e social da cidade. Esse viés de crescimento foi definido nos planos municipal e da região metropolitana.

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!