Cão-robô da Sony está de volta e com novos truques

cão-robô
Foto: Divulgação/Sony

Nova versão do cão-robô “aibo” retorna ao mercado depois de 11 anos

O icônico cão robótico da Sony voltou. A nova versão, batizada de “aibo” ao invés do “AIBO” anterior, vem equipada com um chip poderoso de computador, além de telas OLED para os olhos e capacidade de se conectar com as redes móveis. Assim como seu antecessor, o novo cãozinho tecnológico responde a comandos de voz, podendo latir, sentar e mexer o rabo.

“A missão da Sony, e o motivo de sua existência, é ser uma empresa que desperta a curiosidade das pessoas”, disse o CEO da marca japonesa, Kazuo Hirai. “Tenho certeza de que um robô que pode se conectar com uma família e dar-lhe alegria é uma encarnação da missão da Sony, por isso solicitei o desenvolvimento do aibo há um ano e meio”, acrescentou.

Pequeno o suficiente para ser pego no colo, o novo “aibo” conta com bordas mais arredondadas do que a versão anterior. O cão-robô também virá mais inteligente, interagindo de forma proativa com os seus proprietários. Uma tecnologia que baseia no trabalho realizado pela Cogitai, uma startup financiada pela Sony com sede em Anaheim, na Califórnia, que desenvolve um software de Inteligência Artificial (IA) que aprende a partir de interações com o mundo real

Mesmo que tenha conexão à internet e IA, o novo cão-robô vem com a proposta de ser mais um brinquedo de companhia ou estimação do que um assistente digital, a exemplo da Echo da Amazon.com e do Google Assistant. De acordo com a marca, a palavra “aibo” significa companheiro/amigo na língua japonesa. Encomendas antecipadas do aparelho – disponível exclusivamente no Japão – começaram a ser feitas no dia 1 de novembro, por um valor de 198.000 ienes (US$ 1.740). Os envios serão realizados a partir do dia 11 de janeiro.

Conheça o novo “aibo”:

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome