Partidos lançam 14 candidatos à Presidência da República

Foto: Reprodução

O prazo para oficialização das candidaturas à Presidência da República encerram nesta segunda-feira (6)

Nesta segunda-feira (6) encerra o prazo para os partidos oficializarem os candidatos que disputarão a Presidência da República. Até o presente momento, 14 candidatos estão confirmados, de acordo com a Justiça Eleitoral.

Segundo a Agência Brasil, o prazo para registro dos candidatos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) termina no dia 15 de agosto, as 19h. Já o Ministério Público Eleitoral (MPE) será responsável por receber os registros de candidatos, partido político ou coligação que desejem impugnar o registro do adversário político.

Caberá ao presidente do TSE julgar os registros dos representantes que apresentarem argumentos jurídicos contra o registro da candidatura, como algum impedimento legal previsto na Lei da Ficha Lima que gere uma inelegibilidade.

A propaganda eleitoral por meio de carros de som, comícios e internet está liberada a partir do dia 16 deste mês. A população irá às urnas no dia 7 de outubro e o segundo turno está previsto para o dia 28 de outubro.

Fernando Haddad

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad foi anunciado nesse domingo (5) como vice na chapa que tem o ex-presidente  Luiz Inácio Lula da Silva como candidato à Presidência. Como Lula pode não se eleger por conta da Lei de Ficha Limpa, o partido precisou de um “plano B” para que pudesse se manter na corrida eleitoral.

Foto: Ricardo Stuckert

Desta forma, Haddad assume a candidatura para “representar” Lula até a situação do petista ser juridicamente resolvida. Além disso, o PCdoB retirou a candidatura de Manuela D’Ávila, que será a vice de Haddad, caso Lula não possa disputar as eleições.

O partido comunista aceitou o acordo desde que o PT cumpra a promessa de que Manuela esteja na coligação até o final do prazo estabelecido pelo TSE.

Confira os candidatos que estarão na disputa à Presidência da República:

Álvaro Dias (Podemos)
O senador Álvaro Dias teve a candidatura oficializada em Curitiba, durante convenção nacional do partido. Em sua chapa terá o ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro.

Cabo Daciolo (Patriota)
O deputado federal Benevenuto Daciolo Fonseca dos Santos, o Cabo Daciolo, teve sua candidatura oficializada no município de Barrinha, no interior de São Paulo. A candidata a vice é a pedagoda Suelene Balduino Nascimento, 23 anos, do mesmo partido.

Foto: Reprodução

Ciro Gomes (PDT)
O cearense Ciro Gomes concorrerá pela terceira vez à Presidência. Renunciou ao cargo de governador, em 1994, para assumir o Ministério da Fazenda, no governo Itamar Franco (1992-1994). Também foi ministro da Integração Nacional de 2003 a 2006, no governo do ex-presidente Lula.

Geraldo Alckmin (PSDB)
No sábado (4), o PSDB confirmou a candidatura do presidente do partido e ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, à Presidência da República nas eleições de outubro. A senadora Ana Amélia (PP-RS) é a vice na chapa.

Guilherme Boulos (PSOL)
O coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores SemTeto (MTST), Guilherme Boulos, foi lançado no dia 21 de julho como candidato à Presidência da República pelo PSOL. A representante do povo indígena, Sônia Guajajara, será a vice-presidente. 

Henrique Meirelles (MDB)
O ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, teve a candidatura confirmada no dia 2 de agosto. O partido informou que Germano Rigotto, ex-governador do Rio Grande do Sul, será o vice na chapa.

Foto: Igo Estrela/Metrópoles

Jair Bolsonaro (PSL)
O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), 63 anos, foi confirmado, no dia 22 de julho, como o candidato à Presidência da República nas eleições deste ano pelo PSL. O vice é o general Hamilton Mourão, do PRTB.

João Amoêdo (Partido Novo)
João Dionisio Amoêdo também teve sua candidatura oficializada durante convenção na capital paulista, no sábado (4). O cientista político Christian Lohbauer foi escolhido como candidato à vice-presidente.

João Goulart Filho (PPL)
O filho do ex-presidente João Goulart, o Jango, que teve mandato presidencial, de 1961 a 1964, interrompido pela ditadura militar, será o candidato do PPL. O candidato a vice é Léo Alves, professor da Universidade Católica de Brasília.

José Maria Eymael (DC)
No dia 28 de julho, o candidato dos Democratas foi oficializado como candidato à Presidência durante convenção em São Paulo. O pastor da Assembleia de Deus, Helvio Costa, foi oficializado como vice-presidente.

Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
No sábado (4), o nome de Luiz Inácio Lula da Silva para ser o candidato à Presidência da República foi anunciado com muita alegria pelo PT. Entretanto, o petista está preso desde 7 de abril na sede da Polícia Federal (PF), em Curitiba, após ter sido condenado em segunda instância no caso do triplex de Guarujá.

Foto: Sergio Lima / AFP

Marina Silva (Rede)
O nome de Marina Silva foi confirmado no sábado (4), na primeira convenção nacional da Rede Sustentabilidade. O candidato à vice na chapa, o médico sanitarista, Eduardo Jorge, do Partido Verde (PV).

Vera Lúcia (PSTU)
Outro nome oficializado é Vera Lúcia pelo PSTU. No dia 20 de julho, a candidatura de Vera à Presidência da República ocorreu na quadra do Sindicato dos Metroviários de São Paulo, na zona leste de São Paulo. Hertz Dias foi lançado como vice na chapa.

 

 

 

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!