Caixa suspende Minha Casa Minha Vida para quem ganha até 2,6 mil

Foto: Bruno Peres/Min. Cidades/Fotos Públicas

A faixa intermediária é financiada com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)

A Caixa Econômica Federal suspendeu, por falta de recursos, a construção de novas unidades do programa Minha Casa Minha Vida para famílias com renda mensal máxima de até R$ 2,6 mil.

No anúncio feito nessa terça-feira (13), o orçamento para esta linha de crédito imobiliário foi “utilizado em sua totalidade” e as contratações do programa para esta faixa serão retomadas no início de 2019.

Por meio de comunicado, o banco informou que apenas a faixa 1.5 foi suspensa e que as outras continuam tendo recursos para contratação de unidades. Apenas a faixa 1,5 é financiada com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O comunicado disse, ainda, que o orçamento do Minha Casa, Minha Vida para 2018 é de R$ 57,4 bilhões e que “até o momento, foram contratadas cerca de 4,7 milhões de unidades habitacionais.”.

*Da redação com informações da Agência Brasil

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!