Empresas do Brasil se livram da sobretaxa de importação do aço nos EUA

sobretaxa do aço
Foto: Divulgação

A suspensão da cobrança, que começa a ser cobrada nesta sexta (23) vale enquanto os dois países estiverem negociando. Também não pagarão a tarifa os países da UE, do NAFTA, além de Austrália, Argentina e Coreia do Sul

O anúncio da sobretaxa sobre as importações de aço e alumínio pelo mercado norte-americano deixaram industrias brasileiras preocupadas. Mas, agora, os empresários podem se tranquilizar. O representante de Comércio dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, afirmou que as tarifas anunciadas pelo governo dos Estado Unidos não serão aplicadas ao Brasil enquanto o país estiver negociando.

A declaração foi dada nesta quinta-feira (22), durante depoimento no Comitê de Finanças do Senado norte-americano. Lighthizer afirmou ainda que também estarão isentos das sobretaxas a União Europeia, a Austrália, a Argentina e a Coreia do Sul. As informações são da Agência Brasil.

No dia 8 de março, o presidente dos Estados Unidos Donald Trump já havia anunciado a isenção para parceiros da UE e do NAFTA. No dia 1º de março, Trump anunciou que iria impor tarifas de importação de 25% para aço e de 10% para alumínio. As tarifas começam a valer a partir desta sexta (23).

Leia também
Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!