Sessão do STF cancelada por bate-boca entre Gilmar Mendes e Barroso

Gilmar Mendes e Luís Roberto Barroso
Foto: Nelson Jr./STF

Confira o vídeo com o desentendimento entre os ministros, que fez a presidente da Casa decidir por interromper os trabalhos do dia

Mais um episódio de bate-boca entre os ministros Gilmar Mendes e Luís Roberto Barroso marcou a sessão plenária do Supremo Tribunal Federal (STF). Nesta quarta-feira (21), a Casa deveria votar uma Ação Direta de Inconstitucionalidade sobre doações ocultas de campanha eleitoral. A ministra Cármen Lúcia suspendeu a sessão e pediu para desligar os microfones do plenário.

Gilmar Mendes estava fazendo o seu voto e começou a criticar os colegas do STF. Ele citou uma votação, pela Primeira Turma, que decidiu não ser crime interromper a gravidez até o terceiro mês de gestação. A relatoria do caso ficou a cargo de Barroso.

“Ah, agora vou dar uma de esperto e vou conseguir a decisão do aborto”. De preferência na turma com três ministros, aí fazemos um dois a um”, disparou Gilmar Mendes.

Retrucando o colega, Barroso disse que o ministro é “uma pessoa horrível”. “Me deixe de fora desse seu mau sentimento. Você é uma pessoa horrível. Isso não tem nada a ver o que está sendo julgado. A vida para vossa excelência é ofender as pessoas. Vossa excelência é uma desonra para todos nós. Vossa excelência desmoraliza o tribunal. Já ofendeu a presidente, ofendeu o ministro Fux, e agora me ofende. O senhor é a mistura do mal com o atraso e pitadas de psicopatia”.

 

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!