Arrecadação federal em 2018 mostra pequeno crescimento. Conheça a cifra

Arrecadação federal tem alta de 4,74% em 2018 (Fotografia - Marcello Casal Jr)

As receitas administradas pela Receita Federal (como impostos e contribuições) chegaram a R$ 1,398 trilhão, com aumento real de 3,41%

A arrecadação das receitas federais somou R$ 1,457 trilhão, em 2018, informou a Secretaria da Receita Federal do Ministério da Economia nesta quinta-feira (24). O crescimento real (descontada a inflação) chegou a 4,74%, na comparação com 2017. É o maior resultado desde 2014, quando ficou em R$ 1,532 trilhão (valor corrigido pela inflação de dezembro de 2018). Em 2015 foi quando o Brasil tecnicamente entrou em crise econômica.

Segundo o chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, Claudemir Malaquias, ao aumento da arrecadação ocorreu devido à retomada do crescimento econômico e do emprego. “Tivemos aumento de 2,82% na massa salarial. Aumentando o emprego, aumenta a renda para consumo”. Com o aumento do consumo, aumenta também a arrecadação, explicou Malaquias.

Segundo Malaquias, em dezembro de 2018, comparado ao mesmo período do ano anterior, houve redução da arrecadação com o Programa de Regularização Tributária. Isso porque em 2017, os contribuintes que aderiram ao programa, pagaram uma parcela de entrada, o que não ocorreu em 2018. Outro feito relacionado a dezembro, foi a redução da tributação do diesel.

Em 2018, as desonerações concedidas pelo governo levaram à renúncia fiscal de R$ 84,239 bilhões, acima do valor registrado em 2017 (R$ 83,643 bilhões). Somente a desoneração da folha de pagamentos chegou a R$ 11,992 bilhões.

*Da redação com informações da Agência Brasil

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!