Pesquisadores criam método para salvar animais do risco de extinção

Foto: Reprodução

A fim de impedir o desaparecimento global de espécies que estão à beira da extinção, cientistas coletam as fezes dos animais 

Um grupo de pesquisadores do zoológico de Chester e da Universidade de Manchester, ambos localizados na Inglaterra, criou um método cujo objetivo é evitar o desaparecimento de animais que estão ameaçados de extinção.

A iniciativa “Salvar espécies com fezes” começou com o estudo de estrume de rinocerontes-negros orientais para encontrar as causas do baixo crescimento da população dos chamados “megaherbívoros” africanos.

Segundo a Reuters, os cientistas usam biomarcadores hormonais, encontrados no estrume, para analisar o nível de estresse e saúde reprodutiva dos animais. Os pesquisadores afirmam que as fezes do rinoceronte são uma fonte de dados úteis para compreender a saúde do bicho.

Entres as espécies estudadas estão a zebra-de-grevy e zebra-das-montanhas. Além disso, graças ao estudo, os cientistas conseguiram reproduzir com êxito os animais.

 

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!