Agricultura capixaba deve produzir mais em 2018, com destaque para o café

agricultura capixaba
Foto: Janderson Dalazen/Emater

Após anos de produção em queda, principalmente devido a condições climáticas, o conilon está na bienalidade positiva este ano

O Espírito Santo produzirá aproximadamente 5,5 milhões de toneladas de café em 2018. O número representa um crescimento de 7,4% em comparação ao ano passado. Os dados estão reunidos na 13ª edição do Boletim da Conjuntura Agropecuária com dados sobre previsão da agricultura capixaba. A publicação on-line  foi elaborada pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). O documento também apresenta os dados da produção animal de 2017.

As expectativas são positivas principalmente para a cafeicultura. Nos anos anteriores, a produção foi baixa, principalmente devido às condições climáticas desfavoráveis, que prejudicaram a agricultura capixaba. Segundo o IBGE, a expectativa é de que sejam colhidas 12,6 milhões de sacas, entre arábica e conilon.

Para a produção animal do ano de 2017, os dados da Pesquisa Trimestral de abate de animais, leite e produção de ovos de galinha registraram crescimento da produção em todos os setores na comparação com o ano anterior. Comparando a produção dos últimos 12 meses, destaca-se o aumento de 13,9% na produção da bovinocultura de corte e 12,1% na produção de carne suína.

Cafeicultura

As previsões para a agricultura capixaba são animadoras, principalmente por causa da bienalidade positiva da cafeicultura. Nos anos anteriores a produção foi baixa principalmente devido as condições climáticas desfavoráveis. É esperada uma recuperação das lavouras de conilon, que nos anos anteriores apresentaram baixa produtividade. Para a safra de 2018, as condições climáticas favoreceram tanto as lavouras de arábica quanto de conilon.

Os preços do café apresentaram alta em 2016 refletindo a menor produção no ano. O preço médio recebido pelo arábica atingiu um pico de R$ 475,43 e o conilon R$ 495,06 em novembro de 2016. Em março de 2018 o preço médio recebido pelo produtor de café arábica estava em R$ 378,96 a saca e do conilon, R$ 284,52. Isso reflete a expectativa de uma maior produção.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!