Pior acidente nuclear dos Estados Unidos completa 40 anos

Foto: Reprodução

O acidente na usina Three Mile Island, nos Estados Unidos, aconteceu em março de 1979

Grandes acidentes nucleares ganharam destaque na história. Entre eles, o da usina de Chernobil (1986), na ex-União Soviética, o da usina Césio – 137 (1987), em Goiânia, e o da usina nuclear de Three Mile Island, nos Estados Unidos, que completou 40 anos em março.

O acidente aconteceu em 28 de março de 1979, devido a falhas no projeto, operação e erros humanos, foi classificado no nível 5 da escala internacional de acidentes nucleares.

Uma pane na parte não nuclear da central resultou em um aumento da pressão no “circuito primário” de água no centro do reator número 2, que parou automaticamente por segurança. Uma válvula foi acionada para diminuir pressão e a água de resfriamento escapou, causando o superaquecimento do reator rapidamente.

O governador da Pensilvânia mandou evacuar a área, principalmente as mulheres grávidas e crianças pequenas da vizinhança. Também pediu que os outros habitantes permanecessem trancados em casa.

Segundo a Comissão Reguladora Nuclear dos EUA (NRC), a dose radioativa média recebida pelos dois milhões de pessoas na região foi de 1 milirem (0,01 milisievert), menos que uma radiografia de pulmão. As únicas vítimas foram quatro funcionários expostos a uma superdosagem de radioatividade.

Foram necessários cinco dias para a situação retornar ao controle. A limpeza e descontaminação da central ocorreram até 1993 e custou US$ 973 milhões.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!