Governo vai distribuir R$ 7 bi de lucro do FGTS entre trabalhadores

Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

Antes, todo o lucro do fundo de garantia ficava para os cofres públicos

O presidente Michel Temer informou que R$ 7 bilhões referentes ao lucro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) referente ao ano de 2016 serão distribuídos entre os trabalhadores. O anúncio oficial deve ocorrer na quinta-feira (10), mas o presidente antecipou a informação em seu discurso nessa terça-feira (08).

Após o discurso de Temer, o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, disse que o valor equivale a 50% do lucro líquido do fundo em 2016. Será depositado para os trabalhadores com conta no FGTS até 31 de dezembro do ano anterior. Antes, todo o lucro do fundo ficava para os cofres públicos.

“Essa é a regra. Isso vai para a conta das pessoas e nós iremos pagar àqueles que tiverem direito a fazer o saque. A novidade é que pela primeira vez na vida há uma distribuição dos lucros do FGTS”, disse Occhi.

Os dividendos serão distribuídos até o dia 31 de agosto. Ele acrescentou que os detalhes – como índice a ser utilizado, valores, quais trabalhadores terão o benefício e quem poderá sacar – serão anunciados pelo presidente na quinta-feira.

Não haverá saque do dinheiro da mesma forma que ocorreu com as contas inativas, mas apenas nas condições previstas em lei, como no caso de demissão. “Ainda temos que fechar o balanço do fundo de garantia, será fechado essa semana e a Caixa vai estar preparando toda essa distribuição dos dividendos ao trabalhador”, finalizou Occhi.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome