20 capitais registram queda na cesta básica em setembro

Cesta básica cai em 20 capitais
Foto: Divulgação

As cidades pesquisadas com cesta básica mais cara são Porto Alegre e São Paulo. Já as mais baratas estão em Salvador e Natal.

A cesta básica ficou mais barata em setembro. O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socieconômicos (Dieese) registrou a queda em 20 das 21 capitais brasileiras. Porto Alegre é onde a cesta básica é mais cara, com custo médio de R$ 436,68. Já a mais barata é de Salvador, que vale R$ 318,52.

O Dieese divulgou nessa quarta-feira a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos. A região Nordeste registrou reduções mais expressivas no custo da cesta básica. Maceió teve queda de 5,22%, enquanto em Fortaleza o valor caiu 4,85%. A única alta ocorreu em Campo Grande (1,17%).

Segundo o departamento, o valor da cesta caiu em todas as cidades pesquisadas nos últimos 12 meses. Além de Porto Alegre, as cestas básicas mais caras estão em São Paulo (R$ 421,02) e Florianópolis (R$ 419,17). Enquanto isso, as mais baratas são, além de Salvador, encontradas em Natal (R$ 323,90) e Recife (R$ 328,63).

Salário mínimo

A determinação constitucional estabelece que o salário mínimo deve suprir as necessidades de uma pessoa e de sua família. Alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência estão nesse pacote. O Dieese estimou que o salário mínimo, em setembro, deveria ser de R$ 3.668,55, valor 3,92 vezes superior ao mínimo atual de R$ 937.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome